TXkee3kP11b9iCxQNaAzgCv06fcYr0PwaUyv0L0R

Popular

Report Abuse

Contributors

Search This Blog

Arsip Blog

About Us

MWp8NWNaLGp5LGR5NWJdNGF8MCAky7cowTkiwWJ5

Comments

Subcribe Now

Subscribe New Articles

Subscribe to Our Newsletter for Get Quality Updates on Your Email. It's Free!

Latest Posts

Volkswagen up! é o carro equipado com ar-condicionado e direção assistida mais econômico do Brasil, de acordo com novo ranking do Inmetro

O up! é o carro equipado mais econômico do País. Toda a linha up! estabelece novos patamares de eficiência energética no mercado nacional, recebendo classificação “A” (verde) no ranking de janeiro de 2015 do PBE (Programa Brasileiro de Etiquetagem) do INMETRO (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia) entre os modelos equipados com motor flexível, direção assistida e ar-condicionado.

O modelo com câmbio manual de cinco marchas obteve classificação “A” (verde) no PBE 2015 e atingiu o consumo energético (média E22/E100) de apenas 1,54 MJ/km (versões take, move, high, black, red e white), conforme norma NBR 7024. O PBE estabelece que, se a montadora planeja comercializar mais de 33% dos veículos com ar-condicionado e direção assistida, o consumo de energia desses equipamentos deve ser considerado para obtenção dos resultados.

De acordo com essas normas, o up! é capaz de rodar até 13,5 km/l na cidade e 14,6 km/l na estrada, quando abastecido com gasolina (E22) e até 9,2 km/l na cidade e 10,2 km/l na estrada, com etanol (E100), valores obtidos conforme norma NBR 7024 e corrigidos pela Portaria INMETRO nº 10/2012.

I-Motion: automatizado campeão em economia

Primeiro modelo do Brasil com motor 1.0l a oferecer câmbio automatizado, o up! I-Motion é o veículo mais econômico e acessível do País equipado com câmbio de operação automática. A transmissão é oferecida a partir da versão move up!.

Totalmente novo, o câmbio I-Motion que equipa o up! é denominado SQ100 e foi desenvolvido com os objetivos de proporcionar maior conforto, precisão de respostas, eficiência (inclusive colaborando para a redução no consumo de combustível), baixo peso e manter o elevado padrão de manutenção e durabilidade Volkswagen.

O modelo conquistou classificação “A” (verde) no PBE 2015 e atingiu o consumo energético (média E22/E100) de apenas 1,55 MJ/km. O up! I-Motion é capaz de rodar até 13,2 km/l na cidade e 14,8 km/l na estrada, quando abastecido com gasolina (E22) e até 9,2 km/l na cidade e 10,2 km/l na estrada, com etanol (E100).

Aventura com eficiência

Recém-lançado no mercado brasileiro, o cross up! já estabelece um novo patarar em relação à eficiência energética: o modelo é o veículo com apelo aventureiro que oferece os melhores números referentes a consumo de combustível e emissão de gases.

De acordo com o ranking referente a janeiro de 2015, o cross up! com câmbio manual de cinco marchas é capaz de rodar até 13,4 km/l na cidade e 14,3 km/l na estrada, quando abastecido com gasolina (E22) e até 9,1 km/l na cidade e 10 km/l na estrada, com etanol (E100). Números que garantem a classificação “A” (verde) no PBE 2015 e resultam no consumo energético (média E22/E100) de apenas 1,56 MJ/km.

Também oferecido com a transmissão I-Motion, o cross up! com câmbio de operação automática (único aventureiro 1.0l no Brasil com essa tecnologia) mantém a excelência nos resultados. Segundo o ranking, essa versão pode percorrer até 13,1 km/l na cidade e 14,4 km/l na estrada, quando abastecido com gasolina (E22) e até 9,1 km/l na cidade e 10,0 km/l na estrada, com etanol (E100). Assim como todo o up! à venda no País, a classificação do cross up! I-Motion é “A” (verde), com consumo energético de 1,57 MJ/km.

O cross up! traz componentes exclusivos para quem busca um hatch urbano que concilia desempenho, economia de combustível, segurança, conforto e recursos de entretenimento para os ocupantes, evidenciando o espírito aventureiro do modelo. Além disso, o cross up! é o quarto modelo da família Cross, que também é composta pelos modelos CrossFox, Space Cross e Saveiro Cross.

O visual off-road destaca a robustez do hatchback, que é feito em Taubaté (SP), e atende plenamente o consumidor que busca um veículo aventureiro para utilizar nas cidades e na estrada.

Motor do Ano 2014

Lançado em 2013 no Fox BlueMotion, o motor 1.0l de três cilindros que equipa o up! oferece excelentes níveis de consumo e desempenho – qualidades que lhe garantiram o prêmio “Motor do Ano 2014”, concedido por um júri formado por jornalistas especializados e engenheiros. A premiação é uma das mais importantes da indústria automobilística brasileira.

Com 999 cm³ de cilindrada, o motor 1.0l do up! é Total Flex, capaz de rodar com gasolina, etanol ou a mistura dos dois combustíveis em qualquer proporção. Sua potência máxima é de 75 cv (55 kW) a 6.250 rpm, quando abastecido com gasolina, e de 82 cv (60 kW) à mesma rotação, com etanol.

O torque máximo é de, respectivamente, 9,7 kgfm (gasolina) e 10,4 kgfm (etanol), e ocorre a partir de 3.000 rpm e se mantém por longa faixa de rotações. Já a partir de 2.000 rpm mais de 85% do torque máximo está disponível.

Essa ampla faixa de distribuição do torque merece destaque, pois melhora o desempenho em baixos regimes e dá fôlego para retomadas de velocidade, além de tornar o up! um veículo extremamente econômico.

Volkswagen é pioneira em testes de emissões

Pioneiro na indústria, o laboratório de emissões da Volkswagen do Brasil – inaugurado em 1976, 10 anos antes de existir no Brasil a lei de controle de emissões de gases (Proconve – Programa de Controle da Poluição do Ar por Veículos Automotores) – destina-se a medir os gases emitidos pelos veículos produzidos pela marca no Brasil e Argentina para o desenvolvimento, homologação e controle de produção.

No teste de emissões, realizado no Laboratório de Emissões da fábrica Anchieta, o veículo roda no dinamômetro de chassis e “percorre” um caminho que simula condições reais do trânsito, com acelerações, frenagens, ultrapassagens, congestionamentos e paradas nos semáforos.

Os veículos rodam em várias condições, como partida com o motor frio, com motor aquecido e com temperaturas mais elevadas. Em um tubo colocado no escapamento do veículo, os gases são coletados e analisados com o objetivo de desenvolver motores cada vez mais com foco na preservação do meio ambiente. Diariamente, os especialistas analisam os gases emitidos por protótipos e veículos de produção em série, bem como avaliam o consumo de combustível.

Recentemente, a Volkswagen do Brasil investiu R$ 50 milhões em 12 novos equipamentos e na ampliação do Laboratório de Emissões e do Laboratório de Motores na Anchieta. Iniciado em 2011, o investimento inclui novos dinamômetros de bancada (estático, para motores) e de chassis (dinâmico, com o carro em movimento), entre eles o primeiro dinamômetro da indústria brasileira para testes em veículos 4X4.

Participação no PBE

A Volkswagen foi uma das primeiras fabricantes a participar do Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular, participando desde o começo da iniciativa, em 2009.

O programa é uma inciativa do INMETRO, do Conpet (Programa Nacional de Racionalização do Uso dos Derivados do Petróleo e do Gás Natural) e do Ministério de Minas de Energia, com o apoio da Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Automóveis) e da Abeifa (Associação Brasileira das Empresas Importadoras e Fabricantes de Veículos Automotores). Os veículos participantes do programa recebem certificação de “A” a “E” – sendo a indicação “A” a que representa a melhor eficiência energética.

Fonte: Imprensa Volkswagen

Related Posts
SHARE

Related Posts

Subscribe to get free updates

Post a Comment

Sticky