TXkee3kP11b9iCxQNaAzgCv06fcYr0PwaUyv0L0R

Popular

Report Abuse

Contributors

Search This Blog

Arsip Blog

Follow by Email

About Us

MWp8NWNaLGp5LGR5NWJdNGF8MCAky7cowTkiwWJ5

Comments

Subcribe Now

Subscribe New Articles

Subscribe to Our Newsletter for Get Quality Updates on Your Email. It's Free!

loading...

Latest Posts

Ford retoma a liderança nos segmentos de caminhões leves e semileves

A Ford Caminhões retomou a liderança do mercado de caminhões leves e semileves em abril, posição que manteve durante 2015. O desempenho nesses dois importantes segmentos também contribuiu para a marca registrar o seu melhor resultado mensal no ano, com 16,3% de participação, um crescimento de 2,2 pontos porcentuais comparado a março.

A Ford foi a única marca a crescer no segmento de caminhões leves no mês, com 30,7% de participação. Ela conta com três modelos nessa faixa de peso: o Cargo 816, veículo mais tradicional da categoria, o Cargo 1119, que oferece a maior capacidade de carga, e o F-4000, o único com a opção de tração 4x4.

O modelo Ford F-350 liderou o segmento de caminhões semileves em abril, com 40% de participação, desenhando uma curva progressiva de vendas no primeiro quadrimestre do ano.

“Esses resultados são muito importantes, especialmente dentro do atual momento de extrema competitividade do mercado, que destaca as vantagens e o custo-benefício dos nossos produtos”, diz Flávio Costa, supervisor de Marketing e Vendas da Ford Caminhões.

Nova lei de VUCs

Com a nova lei editada na cidade de São Paulo, que aumenta de 6,30 para 7,20 metros o comprimento máximo de caminhões da categoria VUC (Veículo Urbano de Carga), que podem circular em áreas com restrições, a Ford passa a oferecer novas opções de veículos nessa classificação. A medida entra em vigor a partir de 9 de maio. O Cargo 816, que já dispõe da versão VUC com distância entre-eixos de 2,80 m, vai oferecer também a de 3,90 m. O Cargo 1119 com entre-eixos de 3,90 m também estará enquadrado, para aplicações que exigem maior capacidade de carga.

“A nova lei de VUCs traz mais flexibilidade para a distribuição de cargas dentro da cidade. Ela vai otimizar o aproveitamento da frota e pode também contribuir para melhorar o trânsito, reduzindo o número de viagens”, completa Costa.

Fonte: Imprensa Ford

Related Posts
SHARE

Related Posts

Subscribe to get free updates

Post a Comment

Sticky